Siga o Portal do Holanda

O massacre de Suzano e os zumbis das redes sociais

Publicado

em

Os comentários dos que discordaram do artigo desta coluna sobre alguns dos motivos do massacre de Suzano revelam que grupos cada vez maiores de pessoas perderam o senso critico ou se tornaram zumbis de uma ideia disseminada ao longo dos dois últimos anos e que resultou na ‘nova’ política.

Ninguém sabe se contrapor a uma ideia. O debate cedeu lugar a pequenas maldades.

Há muito ódio nas redes sociais e isso é um combustível que inflama a violência no País.

Que foi jogado  combustível na violência, a partir da pré-campanha eleitoral  do ano passado  é fato comprovado.

Que o atual presidente a estimula, com sua política de  armar a população, também é fato.

Que Bolsonaro é ao mesmo tempo disseminador desse espirito de vingança coletiva e vitima de seu discurso de pré campanha, durante a  campanha presidencial e depois de ter conquistado a presidência,  também é fato.

Negar isso é ignorar o óbvio. A prova é que levou ao menos quatro horas para se manifestar sobre o massacre de Suzano. Não foi por ignorar a gravidade do  ocorrido, mas pela  dificuldade de dar coerência  a um discurso que já vinha contaminado desde a campanha presidencial. 

O Brasil vive um momento delicadíssimo. Ou os tribunais interferem nas medidas tomadas para permitir o porte de armas, ou muitos ‘Suzano’ ganharão a mídia e espantarão o mundo.

Essa cultura da violência, agora estimulada pelo Estado brasileiro, tem que ser contida.

Não se justifica  aceitá-la apenas porque foi um compromisso de campanha do presidente armar a população.  A quem beneficia? A parte violenta do país, que tem desejo de matar.

+ BASTIDORES DA POLÍTICA

-

Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

HORA H ENTREVISTA: WILSON PÉRICO, PRESIDENTE DO CIEAM

 Siga o Holanda

Amazonas

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.