Siga o Portal do Holanda

Seduc paga R$ 12 milhões por transporte escolar suspeito

Publicado

em

  • Não dá mais para fechar os olhos para tamanho descalabro. É hora de uma ação dura, cirúrgica, em secretarias de governo, que como a Saúde, esbanjam recursos fabulosos. Ou ficará a suspeita, senão de omissão, mas de conluio com as irregularidades.

As empresas que prestam serviço de transporte escolar faturaram, este ano, R$ 12  milhões. O que elas transportaram? Alunos por um período não superior a 30 dias, com as aulas suspensas em março devido a pandemia de coronavirus. Para cobrar e receber esse valor, elas devem  ter justificado que operaram mais do que foi exigido: transportaram interesses e todo um submundo  com gente escolada.

Estranhamente, a empresa que mais faturou no período de 30 dias - menos, devido os sábados e domingos, foi a Dantas Transporte, cujo proprietário revelou ano passado um poderoso esquema de partilha entre políticos do dinheiro destinado a esse serviço.

O que os órgãos de controle fizeram diante da denúncia do empresário? Nada. Um ano depois, ele continua operando.

Empresas menores, ligadas direta ou indiretamente a políticos, acabam se beneficiando de um dinheiro  mal aplicado, mal gerido e ao que parece, sem controle algum da sociedade.

 

 Nem mesmo a delação feita  pelo empresário , que confessou  pagar despesas do governador e dar uma ajudinha a deputados,  serviu para provocar os órgãos de controle, que aparentemente fecharam os olhos para um problema que precariza um serviço essencial, mas que  alimenta um duto por onde escorre o dinheiro público,.

O VIDEO ABAIXO É MERAMENTE ILUSTRATIVO: O EMPRESÁRIO  DENUNCIOU ANO PASSADO OS ESQUEMAS DO TRANSPORTE ESCOLAR, MAS CONTINUA OPERANDO, FATURANDO ALTO E TRANSPORTANDO FANTASMAS. 




+ BASTIDORES DA POLÍTICA

Já leu estas ?

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.