Siga o Portal do Holanda

Amazonas

Wilson Lima ‘ressuscita’ apadrinhados políticos demitidos por Amazonino

Publicado

em

Foto: Reprodução

O governo de Wilson Lima (PSC) vem descontruindo a cada dia a ideia do “novo” na política fabricada pelos marqueteiros do jornalista na campanha eleitoral do ano passado, quando o apresentador de TV conseguiu encantar o eleitor com um discurso cheio de frases de efeito e obter um votação histórica, no Amazonas.
 
A proposta publicitária da campanha eleitoral de Wilson com foco na renovação da gestão pública e a nomeação de técnicos para funções estratégicas ficou só na propaganda. Prova disso é que o novo governador readmitiu, no primeiro mês do mandato, gestores exonerados no último governo de Amazonino (2017-2018), por suspeita de uso da máquina pública para atender interesses de grupos políticos.
 
Há menos de um ano, o ex-governador demitiu o secretário Executivo de Estado de Educação, Luís Fabian Pereira, e a secretária Executiva Adjunta do Interior, Ana Maria Araújo de Freitas, da Secretaria de Estado de Educação (Seduc) após servidores da pasta denunciarem que os dois usavam a secretaria para captar e consolidar votos para candidatos proporcionais do pleito de 2018.


 
Velha prática
As exonerações de Luís Fabian e Ana Maria foram publicadas no Diário Oficial do Estado (DOE), no dia 19 de janeiro de 2018, assinadas pelo antecessor de Wilson Lima, a quem o jornalista associava à velha política, que inclui entre outros atos ultrapassados, o apadrinhamento político em cargos públicos.  

Foto: Reprodução / Diário Oficial

Foto: Reprodução / Diário Oficial


No segundo dia gestão, o governador Wilson Lima readmitiu Fabian para o mesmo cargo que ele perdeu na administração anterior. Já Ana Maria foi apresentada, no dia 5 de janeiro, pelo secretário da Seduc, Luiz Castro, como sendo a secretária do Interior, cargo diferente que tinha no governo de Amazonino, no qual ela era secretária da Capital, na Seduc. A nomeação da gestora não aparece ainda no Diário Oficial e no site da Seduc.

 
Além de readmitir gestores dispensados pelo seu antecessor por práticas suspeitas de uso da máquina, Wilson, também, deu aval para a nomeação de indicações políticas do secretário Luiz Castro, da REDE.
 
Sem avaliar o quadro efetivo da Seduc, Castro emplacou amigos de vida e de militância política para a Secretaria Executiva de Gestão, com Rômulo Zurra, ligado à REDE, e para a Secretaria Executiva Adjunta da Capital, agora, comandada pelo ex-vereador Bibiano Filho, do Avante.

 

Com essas medidas, Wilson Lima prova que não só faz parte da velha política, como consegue ultrapassá-la....

O linchamento dos políticos

-

Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

1 minuto nerd - toy story 4 e aladdin

 Siga o Holanda

Amazonas

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.